Fazer Memória De DEUS


FAZER MEMÓRIA DE DEUS


“Um altar de terra me farás, e sobre ele sacrificarás os teus holocaustos, e as tuas ofertas pacíficas, as tuas ovelhas, e as tuas vacas; em todo o lugar, onde eu fizer celebrar a memória do meu nome, virei a ti e te abençoarei.” (Êxodo 20:24)           

              
Deus sempre teve uma preocupação com a memória que o seu povo fazia dele.

É fundamental que nós, cristãos, possamos RETER as obras de Deus em nossas vidas, devemos saber donde Deus nos tirou, temos o dever de nos lembrar todos os benefícios que recebemos do Senhor. Nesta singela meditação veremos alguns versos sobre este tema.

Deus se valia de vários meios para fazer o povo lembrar dele:

*As franjas das vestes dos sacerdotes (Números 15:39) continham escrituras da Lei;
*Na roupa de Araão havia um memorial aos filhos de Israel (Êxodo 28:12);
*Deus mandou Josué por uma Pedra Memorial em testemunho aos filhos de Israel (Josué 24:27);
*Antes de atravessar o rio Jordão doze pedras foram postas em memorial ao povo (Josué 4:7).
*Jesus instituiu a Santa Ceia também em memorial da sua obra redentora da cruz (Lucas 22:19).

 

“BENDIZE, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios.” (Salmos 103:1-2)

Quando não fazemos memória da mão de Deus em nossas vidas logo nos voltamos para a infidelidade espiritual, por isso é importante ao cristão não se esquecer dos benefícios do Senhor.

Quando nos esquecemos de alguém mostramos que esta pessoa tem pouco valor para nós, não podemos ser assim com Deus. Quando nos lembramos de Deus damos valor ao que ele faz.
 

A Origem de Todos os Cristãos é na Escravidão do Pecado e na Nudez Espiritual

“E em todas as tuas abominações, e nas tuas prostituições, não te lembraste dos dias da tua mocidade, quando tu estavas nua e descoberta, e revolvida no teu sangue.” Ezequiel 16:22.

Este verso de Ezequiel fala de uma mulher (o povo de Israel) que foi tirada de uma situação humilhante e foi levada a um alto posto por Deus, mas depois de abençoada rejeitou aquele que a resgatou da escravidão e passou a se prostituir com amantes. Muitos filhos de Deus infelizmente estão na mesma situação desta mulher porque não guardaram no seu coração a sua origem humilde e pecadora e quem lhes resgatou da mão do inimigo.

Alguns, depois de um tempo de igreja esquecem que também foram pecadores e que viviam de modo infeliz, esquecem-se que não é eles, mas a graça de Deus neles que mudou a situação de sua vida. Tenho percebido um certo farisaísmo de muitos cristãos, vivem a julgar os outros, principalmente os incrédulos, mas não encontram tempo suficiente para amá-los. Deus abomina este tipo de proceder.

Quem se Lembra Donde foi Tirado possui Misericórdia ao Ministrar “Quando teu irmão hebreu ou irmã hebréia se vender a ti, seis anos te servirá, mas no sétimo ano o deixarás ir livre. E, quando o deixares ir livre, não o despedirás vazio. Liberalmente o fornecerás do teu rebanho, e da tua eira, e do teu lagar; daquilo com que o SENHOR teu Deus te tiver abençoado lhe darás. E lembrar-te-ás de que foste servo na terra do Egito, e de que o SENHOR teu Deus te resgatou; portanto hoje te ordeno isso.” Deuteronômio 15:12-15.

Deus neste texto ensina o seu povo que ele deveria se lembrar da escravidão que teve na terra do Egito, para proceder com misericórdia em relação aos seus próprios escravos. Hoje em dia muitas pessoas vivem ainda na Lei, no olho por olho, dente por dente, mas Deus realmente deseja que os seus filhos transcendam a Lei, e entrem no patamar da graça. (Mateus 5:38-42).
Deus considera fundamental que saibamos o nosso passado (não os nossos pecados), para que possamos ministrar sem arrogância a qualquer um (Ageu 1:7).

 

A Prosperidade para um Cristão Imaturo pode gerar Esquecimento de Deus

“TODOS os mandamentos que hoje vos ordeno guardareis para os cumprir; para que vivais, e vos multipliqueis, e entreis, e possuais a terra que o SENHOR jurou a vossos pais. E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o SENHOR teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não.” Deuteronômio 8:1-2.
Quando abençoados, temos a tendência natural de nos agarramos a bênção e esquecermos o abençoador (que é Deus), por isso devemos guardar os caminhos que o Senhor nos faz andar e a sua misericórdia em nossas vidas, para que quando abençoados não venhamos a dar as costas a Deus.
“E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te. Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas. Quando, pois, o SENHOR teu Deus te introduzir na terra que jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó, que te daria, com grandes e boas cidades, que tu não edificaste, E casas cheias de todo o bem, que tu não encheste, e poços cavados, que tu não cavaste, vinhas e olivais, que tu não plantaste, e comeres, e te fartares, Guarda-te, que não te esqueças do SENHOR, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão.” Deuteronômio 6:6-12.
O que Acontece com quem não Faz Memória ao Senhor    “Nos lugares altos se ouviu uma voz, pranto e súplicas dos filhos de Israel; porquanto perverteram o seu caminho, e se esqueceram do SENHOR seu Deus.” Jeremias 3:21.
Conselho Prático Na prática temos dois meios de nos lembrar-nos de Deus e seus benefícios:
1. Manter um registro escrito dos benefícios de Deus em nossa vida (Êxodo 17:14);
2. Revelação do Espírito Santo em nosso interior (João 14:26). Para recebermos uma revelação do Espírito Santo devemos cultivar um relacionamento vivo com ele para que possamos ser abençoados por Deus, um cristão zeloso deve sempre buscar a revelação do Espírito, portanto, necessário se faz marcar encontros com Deus, não com uma finalidade religiosa, mas sim com um desejo de aprender na sua presença.
Que possamos ser que nem o salmista que não se esquecia de nenhum dos benefícios de Deus em sua vida. Essa é a minha oração, pois Deus nunca se esquece de nós.
“O SENHOR se lembrou de nós; ele nos abençoará; abençoará a casa de Israel; abençoará a casa de Arão.” Salmo 115:12.
“Porém Sião diz: Já me desamparou o SENHOR, e o meu Senhor se esqueceu de mim. Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim.” Isaías 49:14-15.

 

arrow_upward
Pedido de Oração