Guia Para Um Avivamento Pessoal

 


GUIA PARA UM AVIVAMENTO PESSOAL

 

"Agora me tem vindo ao coração, que façamos uma aliança com o SENHOR Deus de Israel, para que se desvie de nós o ardor da sua ira. Agora, filhos meus, não sejais negligentes; pois o SENHOR vos tem escolhido para estardes diante dele para o servirdes, e para serdes seus ministros e queimadores de incenso." (Crônicas 29:10-11)

“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” (2 Crônicas 7:14)

A igreja precisa continuar buscando uma vida sob a inteira direção do Espírito do Senhor.

O avivamento é esse espírito de dinamismo que permite à igreja renovar suas forças e disposição dia-a-dia. 

COMO PODE A IGREJA IR BEM, SE OS CRENTES INDIVIDUALMENTE VIVEM LONGE DOS PROPÓSITOS DE DEUS? 

Para que haja um AVIVAMENTO GERAL, é necessário buscar, antes de tudo, um AVIVAMENTO PESSOAL.

I. ESPIRITUALIDADE CULTIVADA NA VIDA PESSOAL

Quais os passos para que o crente possa viver a bênção de um poderoso avivamento em sua vida pessoal? 

UMA VIDA CHEIA DO ESPÍRITO DO SENHOR

a) A convicção de pecado: Os grandes avivamentos tiveram início quando a igreja começou a refletir sobre santificação. Pessoas foram levadas a ver que estavam em pecado. Houve confissão, arrependimento. A partir daí, o Espírito do Senhor agiu e houve transformação de vidas.

Reflitamos um pouco sobre os textos que apontam os pecados que bloqueiam nossa comunhão com Deus:

  • "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração e provo os rins; e isto para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações." (Jeremias 17:9-10)
  • "NÃO julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.  E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?  Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão." (Mateus 7:1-5)
  • "Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.  Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.  Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.  

E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.  Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;  pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.  Por isso Deus os abandonou às paixões infames. 

Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.  E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.  

E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;  Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;  Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; 

 Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;  Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem." (Romanos 1:18-32)

  • "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.  E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre." (1 João 2:15-17)

 

b) A confissão de pecados:

O CRISTÃO TEM DE CONFESSAR SEUS PECADOS, UM A UM. 

  • "Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá;" (Salmos 66:18) 
  • "EIS que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.  Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça." (Isaías 59:1-2) 
  • "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.  Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.  Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós." (1 João 1:7-10)  

É importante que você tenha consciência das áreas específicas em que você tem dificuldade e pedir ajuda ao Senhor. 

SEJA HONESTO CONSIGO MESMO 

Peça perdão e abandone seus pecados. Entenda o alcance da morte de Jesus para nos dar vida: 

  • "QUEM deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do SENHOR?  Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos. Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.  Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.  Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.  Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.  Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.  E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca.  Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão.  Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si.  Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores." (Isaías 53:1-12) 
  • "Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.(1 Pedro 2:24)

c) Entrega e consagração: 

ENTREGA INCONDICIONAL AO SENHOR 

  • "Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração.  Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará." (Salmos 37:4- 5) 
  • "Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.  Porque aquele que está morto está justificado do pecado." (Romanos 6:6-7)
  • "ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:1-2)

Quando damos todos esses passos, chegamos a um ponto em que o Espírito Santo assume o controle de nossa vida. 

SAIBA QUE SEU CORPO É TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO 

  • "Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus." (1 Coríntios 6:19-20) 

E quando o entregamos ao Senhor, ele passa a dirigir nossa vida, conforme Seu querer:

  • "E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo." (Mateus 3:11)
  • "E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder." (Lucas 24:49)
  • "Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias.  Aqueles, pois, que se haviam reunido perguntaram-lhe, dizendo: Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?  E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.  Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.(Atos 1:5-8) 
  • "E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito;" (Efésios 5:18) 

Seguindo esse processo, chega-se a experimentar um verdadeiro avivamento na vida espiritual.

II. CONSERVANDO A CHAMA DO AVIVAMENTO

Muitas pessoas foram batizadas com o Espírito Santo. Vieram dias maravilhosos, foram usadas por Deus, mas depois esfriaram-se na fé e se esqueceram da gloriosa experiência que tiveram. Mas, para conservar uma vida renovada, cheia da graça divina, é preciso:

a) Leitura bíblica: Estabilidade na vida espiritual é resultado de um conhecimento profundo da Palavra. 

  • "Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” (Josué 1:8)

Lendo a Bíblia diariamente, meditando e fazendo o que nela está escrito é possível ao servo de Deus conservar  uma vida espiritual abundante. Assim não é preciso ficar na dependência de visões, de profecias. 

MANIFESTAÇÕES IRÃO APENAS CONFIRMAR O QUE JÁ ESTÁ NA PALAVRA 

b) Oração: Os cristãos primitivos estavam sempre cheios do Espírito e renovados porque viviam em oração: 

"E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus." (Atos 4:31) 

É triste ver como muitas igrejas estão perdendo o calor em suas mensagens porque o fervor da oração está desaparecendo. 

RENOVAÇÃO ESPIRITUAL E AVIVAMENTO SÃO EXPERIÊCIAS QUE DEVEM SER VIVIDAS DIARIAMENTE

Para tanto, o crente precisa, a cada dia, intensificar sua vida de oração: 

  • "E, despedida a multidão, subiu ao monte para orar, à parte. E, chegada já a tarde, estava ali só." (Mateus 14:23)
  • "Ele, porém, retirava-se para os desertos, e ali orava." (Lucas 5:16)
  • "E aconteceu que naqueles dias subiu ao monte a orar, e passou a noite em oração a Deus." (Lucas 6:12)

O PRÓPRIO SENHOR JESUS OROU MUITO DURANTE SEU MINISTÉRIO

Muitos crentes estão se vendo confusos porque os bens materiais têm tomado o tempo da oração. 

Oração é questão de disciplina pessoal. Procure reservar alguns minutos, todos os dias, para estar na presença do Senhor.

c) Vida humilde: O orgulho tem levado muitos crentes ao fracasso. A vida abundante, cheia do Espírito, não é para que o crente se ache melhor que os outros.

O ENCHIMENTO COM O ESPÍRITO SANTO DEVE LEVAR O CRENTE AO TRABALHO PELO PRÓXIMO, À EDIFICAÇÃO DA IGREJA: 

  • Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. (Atos 1:8)

d) Santificação: O apóstolo Paulo recomendou aos crentes: 

  • E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. (Efésios 4:30)

DAVI, AO PECAR, TEMEU QUE O ESPÍRITO DO SENHOR FOSSE RETIRADO DE SUA VIDA 

  • "Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.(Salmos 51:11) 

Por isso, se quisermos cultivar o avivamento, temos de alegrar o Espírito de Deus para que Ele atue em nós com muito poder.

A igreja precisa conservar seu dinamismo, buscando e pregando as fontes que geram o avivamento. Com isso, vai estar apta a levar a mensagem do Evangelho àqueles que estão longe de Deus. Só uma igreja unida, forte, cheia do poder do Espírito do Senhor tem condições de dar um testemunho com impacto de sua fé em Cristo.

 

 

Número de visualizações 14929

arrow_upward
Pedido de Oração