O Maravilhoso Dom de Perdoar

 

O MARAVILHOSO DOM DE PERDOAR

 

Mar. 11:25: “E, quando estiveres orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas”. Ler: Mat. 18:15-22

Perdoar sempre

Levar os crentes a compreenderem e a sentirem o malefício da falta de perdão e as terríveis conseqüências de não perdoarem.

Deus quer que os seus filhos estejam livres de ressentimento, crítica e atitudes que revelem falta de perdão. Se o cristão não é capaz de pedir perdão e o ofendido não se sente disposto a perdoar, ambos correm o risco de impedirem o fluir da unção do Espírito Santo nas suas vidas e no seu ministério. Quem não perdoa não é perdoado; e o cristão não pode Ter comunhão com Deus sem ser perdoado.

A doutrina do perdão está diretamente ligada à essência divina do amor. Ela é a base fundamental da fé cristã. Nosso Senhor Jesus Cristo teve o cuidado primário de ensinar os seus discípulos sobre a condição imposta pelo Pai na oração modelo: “Perdoa as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido... Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai não perdoará as vossa ofensas” (Mat. 6:12,14,15).

1. DEUS PERDOA-NOS

a) Deus providenciou um plano perfeito, através do qual o nosso passado pode ser limpo e sermos totalmente perdoados, mas esse plano exige arrependimento do agressor – Is. Prov. 28:13; Is. 1:17,18; 43:25; 55:7; Act. 3:19; I Jo. 1:9.

b) Logo que Deus perdoa os nosso pecados Ele esquece para sempre – Jer. 31:34; Heb.8:12; 10:17.

c) Se Deus perdoa e esquece, lançando os nossos pecados no mar do esquecimento, porque não fazemos nós o mesmo? – Miq. 7:19. Deus tem tanta aversão aos nossos pecados que os afasta para bem longe da sua lembrança - Sal. 103:12.
Para nós, humanos, é-nos difícil esquecer; mas quando perdoamos podemos viver de modo que essa lembrança não afecte o relacionamento com a pessoa a quem perdoamos.

2. A FALTA DE PERDÃO

a) A falta de perdão entre duas pessoas causa deterioração no relacionamento. Cria afastamento e gera ressentimento – Ef. 4:32.

b) A falta de perdão é gerada pelo nosso orgulho que se sobrepõe ao nosso ego ferido. Este cega o nosso entendimento e torna-nos insensíveis à Palavra de Deus – Sal. 119:70; Ef. 4:19.

c) A falta de perdão quebra o nosso relacionamento com Deus e com o Espírito Santo e somos vencidos por Satanás – II Cor. 2:10.
Por este motivo e para fazermos a vontade de Deus devemos perdoar – Col. 3:12,13.

3. PERDOAR SEMPRE

a) Jesus ensina-nos a perdoar sempre que sejamos ofendidos, mesmo que seja à mesma pessoa – Mat. 18: 21,22.

b) Perdoar, significa “desatar”, “desligar”, “soltar as correias”, “deixar ir”. Então, perdoar quer dizer que nós temos de soltar o ofensor. Jesus ensina que o que nós ligarmos na terra será ligado no céu; e o que desligarmos na terra será desligado no céu – Mat. 18:18.

c) Ao perdoar soltamos a pessoa que nos ofendeu. Ela fica desligada, fica livre e nós também. Jesus ensina-nos “Soltai (perdoai) e soltar-vos-ão (perdoar-vos-ão)” – Luc. 6:37.

Perdoar é um acto da alma mediante o qual a pessoa ofendida permite que o seu ofensor fique livre (seja solto), esquecendo-se então da ofensa.

 

Número de visualizações 3117

arrow_upward
Pedido de Oração