Vivendo E Ensinando O Reino De DEUS


 

VIVENDO E ENSINANDO O REINO DE DEUS

 


Não podemos nos esquecer de que o evangelho tem dois lados distintos: o primeiro é o de ganhar vidas para o reino de Deus, e o segundo é ensiná-las a viverem uma nova vida com Cristo. O mesmo Senhor que disse: “Ide e pregai...” também disse: “...e ensinai...”.

 

Fazer apelos de salvação após um culto e deixar que as pessoas voltem para suas casas sem um atendimento especial, é como pescar e deixar os peixes na areia. Um pastor afirmou que a obra de salvação é uma obra de responsabilidade exclusiva de Jesus, mas o trabalho de fazer discípulos é responsabilidade da igreja.

 

O Pr. Juan Carlos Ortiz afirmou que a grande maioria das igrejas funcionam como o vale de ossos secos. Cada dia vem um e joga um osso no monte. O pastor é o vigia dos ossos. Mas um monte de ossos não tem vida. É preciso algo mais para vivificar aqueles que estão sendo agrupados à família de Deus.

O trabalho de integração dos novos convertidos deve absorver a atenção de toda a igreja, tanto quanto o desejo dela em ver pessoas sendo salvas.

Esta integração não acontece simplesmente através dos ensinos sobre os princípios elementares da fé.

 

Ela é o resultado de um compromisso de vida. E este compromisso se verbaliza através da prática dos mandamentos chamados “Mandamentos de Ajuda Mútua”.

    Rm 12:10 – Amai-vos uns aos outros

    Rm 12:16 – Tende o mesmo sentimento uns para com os outros   

    Rm 13:8  – Amai-vos uns aos outros

    Rm 14:13 – Não nos julguemos mais uns aos outros 

    Rm 14:19 – Sigamos as coisas da paz e também as da edificação de uns para com os outros

    Rm 15:5 – Tenham o mesmo sentimento uns para com os outros

    Rm 15:7 – Acolhei-vos uns aos outros

    Rm 15:14 – Admoestai-vos uns aos outros

    1 Co 12:25 – Cooperem os membros em favor uns dos outros

    Gl 5:13 – Sede servos uns dos outros

    Gl 6:2 - Levai as cargas uns dos outros

    Ef 4: 1-2 – Suportando-vos uns aos outros em amor

    Ef 4:32 - Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros

    Ef 5:18-21 – sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo

    Cl 3:9 – Não mintais uns aos outros

    Cl 3:13 - Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente

    Cl 3:16 – Instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente

    1 Ts 3:12 – e o Senhor vos faça crescer, e aumentar no amor uns para com os outros e para com todos

    1 Ts 4:18 – Consolai-vos, pois, uns aos outros

    Hb 10: 24 – Consideremo-nos também uns aos outros

    Tg 5:9 - Irmãos, não vos queixeis uns dos outros para não serdes julgados

    Tg 5:16 – Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros para serdes curados

    1 Pd 1:22 – Amai-vos de coração uns aos outros ardentemente

    1 Pd 4:9 – Sede mutuamente hospitaleiros sem murmuração

    1 Pd 5:5 – No trato de uns para com os outros, cingi-vos todos de humildade

    1 Pd 5:14 - Sauda-vos uns aos outros com ósculo santo

    1 Jo 3:11 - Porque a mensagem que ouvistes desde o princípio é esta, que nos amemos uns aos outros

    1 Jo 3:23 – Ora, o seu mandamento é este, que creiamos em o nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos uns aos  outros

    1 Jo 4:7 – Amados, amemo-nos uns aos outros

    1 Jo 4:11 – Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros

    1 Jo 4: 12 – Se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é em nós aperfeiçoado

    2 Jo 5 – Que nos amemos uns aos outros
 

Número de visualizações 11379

arrow_upward
Pedido de Oração