Nascido Para Uma Nova Vida

 


NASCIDO PARA UMA NOVA VIDA

 

Todos herdamos uma natureza hostil a Deus. É uma natureza com inclinação ao Mal, ao pecado, e por isso é chamada carnal. Ela veio como conseqüência do pecado no mundo. Com tal natureza, somos considerados inimigos de Deus. Como podemos então mudar essa natureza? Como pode um pecador torna-se filho de Deus e cidadão do Céu? Pelo novo nascimento.


- NASCER OUTRA VEZ?

"A isto respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus." (João 3:3)

Estas palavras de Jesus foram dirigidas a Nicodemos, um membro da seita dos fariseus, que era muito zeloso na prática da religião. Nicodemos surpreendeu-se com elas, pois evidentemente, como Saulo de Tarso, também fariseu, julgava viver vida irrepreensível e estava certo de ter direito a um lugar no Céu.

"Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; quanto à lei fui fariseu; quanto ao zelo, persegui a igreja; quanto à justiça que há na lei, fui irrepreensível” (Filipenses 3:5-6).

Mas, a religião dos fariseus, no tempo de Cristo, limitava-se, em geral, a exterioridades. Não atingia o coração. Assim, o que Jesus disse aplicava-se também a ele, Nicodemos. Muitos hoje contentam-se em ser homens morais - não matar, não furtar, não fazer qualquer outro mal ao próximo.

Tais pessoas deviam lembrar que a todos os homens Jesus diz"Importa-vos nascer de novo." (João 3:7)

- UM NASCIMENTO DIFERENTE

O nascimento que Jesus tinha em mente não é o nascimento natural - de pais humanos. Disse Ele: "O que é nascido da carne é carne." (João 3:6)

Quantas vezes um homem pudesse nascer de pais humanos, continuaria com a mesma natureza.

"E o pendor (inclinação) da carne, é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus." (Romanos 8:7- 8)

O novo nascimento não é, pois, nascimento natural, mas uma miraculosa transformação espiritual que qualifica o homem para o reino celeste. 

Então o homem não vive mais em pecado e se torna um filho de Deus. "Respondeu Jesus:.. Quem não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus." (João 3:5)

A mudança espiritual do coração está inteiramente além do poder do homem.

"Pode o etíope mudar a sua pele, ou o leopardo as suas manchas? Então podereis fazer o Bem, estando acostumados a fazer o Mal." (Jeremias 13:23)

"A educação, a cultura, o exercício da vontade, o esforço humano, todos têm sua devida esfera de ação, mas neste caso são impotentes. Poderão levar a um procedimento exteriormente correto, mas não podem mudar o coração; são incapazes de purificar os mananciais da vida. É preciso um poder que opere interiormente, uma nova vida que proceda do alto, antes que os homens possam substituir o pecado pela santidade. Esse poder é Cristo."

- NASCER DA ÁGUA?

O novo nascimento, conforme as palavras de Jesus, deve ser pela água e pelo Espírito Santo. Antes de Cristo subir ao Céu, Ele deu a seguinte ordem: "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo" (Mateus 28:19).

Os que desejam tornar-se seguidores de Cristo devem ser batizados.

"Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer, será condenado." (Mateus 16:16)

Cristo fez do batismo a entrada para o Seu reino espiritual. E para tirar qualquer dúvida na mente humana, Ele reforçou Sua ordem com Seu próprio exemplo: "Porque assim nos convém cumprir toda a justiça", disse Ele a João Batista (Mateus 3:13-17). Então foi Jesus batizado e heis que se Lhe abriram os Céus e Ele, o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo, recebeu unção do Espírito Santo e ainda ouviu a voz do Pai falando-Lhe: "Este é o Meu Filho amado, em que Me comprazo." (Mateus 3:17)

Que maior evidência sobre a importância do batismo poderia um consciencioso cristão pedir?

Mas ainda há outros exemplos:

NO PENTECOSTES: "Então os que lhe aceitaram a palavra foram batizados... quase três mil pessoas." (Atos 2:41)

O APÓSTOLO PAULO: "... A seguir levantou-se e foi batizado" (Atos 9:17 -18)

O CARCEREIRO DE FILIPOS: "... A seguir foi ele batizado e todos os seus." (Atos 16:33)

- O QUE SIMBOLIZA O BATISMO?

"Ou, porventura, ignorais que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados na Sua morte? Fomos, pois, sepultados com Ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porque se fomos unidos com Ele na Semelhança da Sua ressurreição." (Romanos 6:3-5)

Esta é a mais detalhada explicação da profunda e espiritual significação do batismo e de seu maravilhoso simbolismo. Portanto o batismo simboliza:

1- A morte, sepultamento e ressurreição de Jesus. (Especificamente, ele é a comemoração da ressurreição de Jesus.)

2- E espiritualmente falando, ele simboliza também a morte, sepultamento e ressurreição do que aceita a Jesus como seu salvador. Que tremendo simbolísmo! O que se consagra a Jesus deve morrer para a velha vida de pecado. "Considerai-vos mortos para o pecado." (Romanos 6:11)

Então esta velha vida de pecado que morreu, deve ser sepultado, assim como foi Jesus após Sua morte. "Fomos, pois, sepultados com Ele na morte pelo batismo." (Romanos 6:4)

AO SAIR DA ÁGUA O BATIZADO RESSUSCITA PARA UMA NOVA VIDA

3- O batismo simboliza também a lavagem espiritual efetuada pelo sangue de Jesus: "E agora, por que te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome dEle." (Atos 22:16)

"Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado para remissão dos pecados." (Atos 2:38)

- PASSOS QUE PRECEDEM O BATISMO

· Arrependimento - Antes de receber o batismo, devemos provar arrependimento dos nossos pecados: "Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado" (Atos 2:38). O batismo é um público testemunho de havermos abandonado a vida de pecado.

· Confissão do pecado - "Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão, e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados” (Mateus 3:5 -6).

· Confissão de fé em Cristo - "... Disse o eunuco: Heis aqui água, que impede que seja eu batizado? Filipe respondeu: É lícito, se crês de todo o coração. E respondendo ele disse: Creio que Jesus Cristo é o filho de Deus-" (Atos 8:36-37)

A graça de Cristo é que transforma a alma.

Separado de Cristo, o batismo, como qualquer outro serviço, é uma forma sem valor.
 

A necessidade de preencher estas condições mostra que crianças só deveriam ser batizadas ao atingirem a idade em que tenham consciência do pecado e possam exercer fé nos méritos do Salvador Jesus.

- ASPERSÃO OU IMERSÃO?

Quando compreendemos o verdadeiro significado do batismo, não teremos dificuldade de reconhecer a verdadeira forma de batismo. Morte exige sepultamento.

A palavra batismo vem do grego Baptizo que significa imergir, mergulhar, sepultar.

NOSSO SALVADOR NÃO FOI BATIZADO POR ASPERÇÃO, isto é, com algumas gotas de água na cabeça. Ele foi batizado no Rio Jordão.

"Batizado Jesus, saiu logo da água." (Mateus 3:16)
"João estava batizando em Enon... porque havia ali muitas águas." (João 3:23)

Se o batismo não fosse por imersão, não haveria necessidade de batizar em local onde a água fosse abundante. Durante os primeiros doze séculos da nossa era o batismo por imersão foi a prática quase universal da cristandade. Ainda hoje podem ser vistos na Itália os antigos batistérios, como o do Palácio Laterano, o da Igreja de Santa Constança e outros. Esses batistérios, ricamente ornamentados e de grande porte, eram geralmente edifícios separados do templo; neles o batismo dos conversos era administrado por imersão.


A Enciclopédia Católica diz: "A mais antiga forma usualmente empregada foi inquestionavelmente a imersão" (The Catholic Encyclopedia, artigo "Baptism") "Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo" (Efésios 4:5).

- BENÇÃO AOS OBEDIENTES

1 - "E recebereis o dom do Espírito Santo" Atos 2:38 - Isto é "nascer do Espírito". A ação do Espírito é invisível mas não os seus efeitos - assim como o vento. (João 3:8) A mudança é vista na sua vida. As más práticas da vida de pecado são abandonadas: "prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias" (Gálatas 5:19-21). Agora os frutos do Espírito são vistos na vida: "Amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio" (Gálatas 5:22- 23).

2 - "Porque todos quantos fostes batizados em Cristo, de Cristo vos revestistes" (Gálatas 3:27).

O original grego significa: "Batizados para união com Cristo".

O batismo é um laço de união com Cristo. Unindo-nos a Cristo. Ele nos faz membros do místico corpo do Senhor, que é a Sua igreja; introduz-nos à família de Deus na Terra. "Pois em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo... Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo". (1 Corintios 12:13 e 27).


Pelo batismo tomamos o nome de Cristo - somos chamados "Cristãos".

"E assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura: as cousas antigas já passaram: heis que se fizeram novas." (2 Coríntios 5:17)
 

NOVA CRIATURA! 

Sim, o homem velho, ladrão, briguento, viciado, morreu - foi sepultado. Ao ser ressuscitado pelo Espírito, reflete o caráter do filho de Deus. 

"Os orgulhosos e presunçosos tornaram-se mansos e humildes de coração. Os vaidosos e arrogantes se fizeram graves e acessíveis. Os profanos se tornaram reverentes, sóbrios os ébrios, os devassos, puros. As modas vãs do mundo foram postas a parte". 

Os cristãos procuram, não o "adorno... exterior, como frisado de cabelos, adereços de ouro, aparato de vestuário; seja, porém, o homem interior do coração, unido ao incorruptível de um espírito manso e tranqüilo, que é de grande valor diante de Deus." (1 Pedro 3:3 -4)

Agora, os que foram ressuscitados juntamente com Cristo (pelo batismo), buscam as cousas lá do alto, pensam nas cousas lá do alto e não nas que são aqui da Terra.

Para alcançar a bendita experiência da união com Cristo, até mesmo as coisas dignas da vida - os laços de família, os interesses materiais e quaisquer outras considerações - devem ser postas em plano secundário. 

O AMOR PARA COM CRISTO DEVE SER SUPREMO

Tratando da sua própria experiência, Paulo escreveu:

"Deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus meu Senhor: por amor do qual perdi todas as cousas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo." (Filipenses 3:8)


TEM VOCÊ SEGUIDO O EXEMPLO DE JESUS? 

Já iniciou uma nova vida com Cristo? Já foi batizado conforme Jesus o foi? Se não, "Por que demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome de Jesus." (Atos 22:16). 

É SEMPRE SEGURO SEGUIR OS PASSOS DE CRISTO 

Se descermos às águas batismais, lá O encontraremos. Receberemos a bênção tríplice, isto é, do Pai, do filho e do Espírito Santo.

Seremos criaturas felizes pois tivemos um maravilhoso Encontro com a Vida!

CUIDADO!

1 Coríntios capitulo 10 verso 20 ao 22: ”... Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios.Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. Ou irritaremos o Senhor? Somos nós mais fortes do que ele?”

Das causa mencionadas nas Escrituras de Deus, o mundo, a carne, o demônio, cada setor cristão parece focalizar um e/ou ignorar os outros. Alguns grupos fizeram uma indústria de expulsão de demônios imaginários, enquanto acomodam a carne e abraçam o mundo. Outros grupos negam qualquer influência real de demônios.

Devemos habitar na revelação completa de Deus e:

1) Não acreditar que todo problema é por causa do diabo, e

2) Concordar com Deus que os demônios são forças reais com as quais temos que lidar.

 

 

Número de visualizações 19103

arrow_upward
Pedido de Oração