Pela Graça Sois Salvos

 

PELA GRAÇA SOIS SALVOS

 

" ... E éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)." (Efésios 2:3-5)                                                               

Uma boa maneira de entender o significado da misericórdia é perceber como ela se relaciona com a graça:

  • Misericórdia - não receber aquilo que você merece / punição impedida, contida,
  • Graça - receber aquilo que você não merece / favor sem mérito algum de nossa parte.

Misericórdia é, por exemplo, um juiz chegando a decisão de que você é culpado, resolver impedir, conter qualquer castigo. Graça é receber algo que você nunca poderia imaginar. Um presente inexplicável. É como se o mesmo juiz, após descobrir sua culpa, lhe desse um prêmio de USD 1,000.000,00!

Neste sentido, a misericórdia pode ser vista como o oposto da graça, ou talvez, mais corretamente - o inverso da graça. As palavras são usadas geralmente nas Escrituras como definidas aqui, embora às vezes, as distinções estejam meio indistintas. No grego, como no inglês, misericórdia também pode significar pena ou compaixão. (A versão e João Ferreira de Almeida, freqüentemente traduz a palavra amor como caridade ou misericórdia). Daqui por diante, o propósito de nosso estudo, será focalizar na misericórdia como "não receber aquilo que merecemos".

"Respondeu-lhes o Senhor: ... E terei misericórdia de quem tiver misericórdia, me compadecerei de quem me compadecer." (Êxodo 33:19)

Deus perdoa todo pecado confessado. Pela graça somos salvos e colocados na situação de livres com Ele. Mas, ele intervirá para impedir as conseqüências terrenas de nossos pecados? Mostrará Ele misericórdia? Quantas vezes? Até mesmo depois de sabermos a verdade? Vamos olhar através das Escrituras para ver porquê, quando e se Deus não nos deixa receber aquilo que merecemos.

Lam. 3:39 (JFA) "Porque se queixaria o homem vivente, o varão por causa do castigo dos seus pecados? "

Jer. 21:14 (JFA) "E Eu vos castigarei segundo os frutos de vossas ações, diz o Senhor..."

Num. 32:23 (JFA) "... e estai certo de que o vosso pecado vos há de atingir."

É Deus ineficaz em fazer "com que nossos pecados nos encontrem"? Estamos mesmo enganando a Ele? Podemos continuar contando com a misericórdia de Deus se permanecemos sem nos arrepender?

PORQUE UM DEUS SANTO NOS DEIXA FICAR IMPUNES COM O PECADO?

"Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te conduz ao arrependimento?" (Romanos 2:4)

Rom 2:4 (Phi) Está você, talvez, interpretando de forma errônea a generosidade de Deus e paciência e misericórdia para com você como se fosse fraqueza de Sua parte? Você não percebe que a bondade de Deus é para levá-lo ao arrependimento?

2 Ped. 3:15 (Jer) Pense na paciência do Senhor, como sua oportunidade de ser salvo.

QUANDO VEMOS QUÃO LONGE DEUS PODE IR  

Pense em quanta misericórdia Deus nos deu. A maioria de nós nunca contraiu herpes, AIDS, ou ficou grávida fora do casamento! Nós fomos miraculosamente salvos de acidentes que merecíamos por causa de nossa impetuosidade, falta de atenção, e impulsividade. Quantos de nós já não dirigimos bêbados? Tantas coisas. Os anjos de Deus devem estar fazendo muitas horas extras administrando as misericórdias do Senhor!

1 Tim. 5:24 (BRT) Os pecados de alguns homens são manifestos antes de entrarem em juízo, ao passo que os de outros, manifestam-se depois.

Jó 33:27-30 (BRT) ..."Pequei e perverti o direito, mas não fui punido como merecia. Deus livrou a minha alma de ir para a cova, e viverei para desfrutar a luz. Tudo isto é obra de Deus, duas a três vezes para com o homem, para desviar a sua alma da perdição, para que a luz da vida brilhe sobre ele".

Prov. 28:13 (BRT) "O que encobre suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia".

A MISERICÓRDIA DE DEUS É VASTA E SURPREENDENTE   

Esdras 9:13-14 a (BRT) "Depois de tudo que nos tem sucedido por causa das nossas más obras, e da nossa grande culpa, ainda assim tu, ó nosso Deus, nos castigaste menos do que os nossos pecados merecem... Voltaremos agora a violar os teus mandamentos...?

1 Tim. 1:13 (BRT) "A mim que outrora fui blasfemo e perseguidor e injuriador; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade.

1 Tim 1:15-16 (BRT) ..."que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais sou o principal. Mas, por isso alcancei misericórdia, para que em mim, o principal, Cristo Jesus mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele e receber a vida eterna".

Heb. 4:16 (BRT) "Cheguemo-nos, pois, com confiança ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.

Sal. 103:8,10-14 (BRT) Compassivo e piedoso é o Senhor, lento para a cólera, e abundante em amor... Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos retribuiu segundo as nossas iniquidades. Pois quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande o seu amor para com os que o temem; pois ele conhece a nossa estrutura, e se lembra de que somos pó".

Miquéias 7:18 (BRT) "Quem, ó Deus é semelhante a ti, que perdoas a iniquidade, e te esqueces da transgressão do restante da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na sua misericórdia".                                                                                                                                        

QUEM PRECISA DE MISERICÓRDIA?  

"Pois todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, e são justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Deus o propôs para a propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos sob a tolerância de Deus; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Cristo Jesus. Onde, pois está a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não, mas pela lei da fé" (Rom. 3:23-27).

Jactância - orgulho, arrogância, altivez, ostentação

Rom 11:30-32 (BRT) "Assim como vós (ímpios) também outrora fostes desobedientes a Deus, mas agora alcançastes misericórdia, pela desobediência deles (judeus), assim também estes agora foram desobedientes, para igualmente alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. Pois Deus encerrou a todos debaixo da desobediência, a fim de para com todos usar de misericórdia".

BRINCANDO COM O PERIGO; FALTANDO AO RESPEITO COM A MISERICÓRDIA DE DEUS  

Rom 2:5 (Phi) "Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, entesouras ira para ti no dia da ira e da manifestação do juízo de Deus?

Rom 2:5 (Jer) "Sua recusa teimosa em se arrepender está somente adicionando à raiva que Deus terá em relação a você no dia da ira quando serão conhecidos os seus justos julgamentos".

Rom 1:32 (BRT) "Embora tenham conhecimento da justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam".

Gal 6:7 (BRT) "Não vos enganeis: Deus não se deixa escarnecer. Tudo o que o homem semear, isso também ceifará".

Rom 11:22 (BRT) "considera, pois, a bondade e a severidade de Deus: para com os que caíram, severidade; mas para contigo, a bondade de Deus, se permaneceres na sua bondade. De outro modo, tu também serás cortado".

QUANDO A MISERICÓRDIA NÃO É GARANTIDA

A graça é ilimitada e para sempre, e vamos focalizar nisto em um estudo separado. O sentido da misericórdia que estamos falando agora, é vasta, mas limitada e terminará em 1) Arrependimento que leva a salvação pela graça, ou 2) ira guardada e castigo eterno.

Por enquanto, Deus está nos chamando por sua misericórdia para obediência. Mais cedo ou mais tarde, todos percebemos que não podemos fugir ou esconder nossos pecados impenitentes. É como se Deus gradualmente retirasse sua misericórdia depois de alcançarmos o conhecimento da verdade. A misericórdia de Deus então terá servido seu propósito, e será então hora da obediência.

1 Ped. 4:17-18 (BRT) "Pois já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus? E se é com dificuldade que o justo se salva, onde comparecerá o ímpio e o pecador?

Enquanto o ímpio vai de mal a pior, nós nem mesmo conseguimos esconder nossos pecados de omissão! Tiago 4:17 diz "Aquele, pois, que sabe o bem que deve fazer e não o faz, comete pecado". Como crianças, objetamos: "Todo mundo faz isto" ou "Antes eu fazia isso", quando o Senhor se interessa pelas nossas ações. Alguns de nós já experimentou a extensão dramática a qual o Senhor chegará para formar "Cristo em nós". Quando o temor de Deus nos atinge, nossas orações por libertação serão finalmente respondidas. Deus literalmente nos faz tremer de medo! Você já passou por esta experiência? Imagine como não seria se você pudesse realmente escapar de seu pecado!

Heb. 12:6-8 (KJV) "Porque o Senhor corrige a quem ama, e açoita a todo o que recebe por filho. É para disciplina que suportais a correção; Deus vos trata como a filhos. Pois que filho há a quem o pai não corrige? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos".

Rom 12:1 (BRT) "portanto, rogo-vos irmãos, que apresenteis os vossos corpos como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional".

Ex. 34:6-7 (BRTV) "... Senhor, Senhor Deus misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e grande em beneficência e verdade, que usa de beneficência com milhares, que perdoa a iniquidade, a rebeldia e o pecado. Contudo, ao culpado não tem por inocente...".

IDENTIFICAÇÃO COM OS SOFRIMENTOS DOS OUTROS  

"Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia" (Romanos 9:15).

Ocasionalmente Deus escolhe não nos dar misericórdia; para o propósito de julgamento, repreensão, disciplina ou uma experiência. Felizmente, para a maioria de nós, isto é uma exceção, não a regra. Por agora, Deus nos tem mostrado incrível paciência e misericórdia ao impedir a maior parte dos efeitos dos nossos pecados.

Lucas 23:40-41 (BRT) ..."Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condição?... Nós, na verdade, com justiça, pois recebemos o que os nossos feitos mereciam. Mas este nenhum mal fez".

Se Deus escolher dar a nós ou alguém a quem conhecemos "o que merecemos", como devemos responder? Se for conosco, temor e arrependimento não podem ser conseguidos rápido o suficiente. Se com qualquer outra pessoa, nós temos uma oportunidade para voluntariamente compartilhar dos sofrimentos dos quais nós fomos libertos. Porque faríamos isso voluntariamente, se Deus não nos fez sofrer por nossos pecados? Porque por compartilhar seus sofrimentos, nós podemos voluntariamente sentir o que de fato merecíamos nós, e ajudar a restaurá-los. E dado as nossas tendências, quem sabe não seremos nós os próximos?

Judas 23 (BRT) "...Salvai-os, arrebatando-os do fogo; quanto a outros, tende misericórdia em temor ...". .

A PARÁBOLA DO SERVO INCOMPASSIVO  

"Por isso o reino dos céus pode ser comparado a certo rei que quis ajustar contas com os seus servos. E começando a fazê-lo, trouxeram-lhe um que lhe devia dez mil talentos. Não tendo ele com o que pagar, o seu senhor mandou que ele, sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo o que tinha, para que a dívida fosse paga. Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo e tudo te pagarei. Então o senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, mandou-o embora e perdoou-lhe a dívida" (Mateus 18:23-27).

Mat. 18:28-31 (BRT) "Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos que lhe devia cem denários. Lançando mão dele sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves. Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe: Sê generoso para comigo e tudo lhe pagarei. Ele, porém, não quis. Antes, foi encerrá-lo na prisão, até que saldasse a dívida. Vendo os seus conservos o que acontecia, entristeceram-se muito, e foram relatar ao seu senhor tudo o que se sucedera".                                                                                                                                                                                                                             Mat. 18:32-35 (BRT) "Então o seu senhor, chamando-o, lhe disse: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste. Não devias tu igualmente compadecer-te do teu companheiro, como também eu me compadeci de ti? Assim, encolerizado, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que lhe pagasse tudo o que devia. Assim vos fará também o meu Pai celeste, se de coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas".

Miquéias 6:8 (BRT) "Ele te declarou, ó homem, o que é bom. E o que é que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, ames a misericórdia e andes humildemente com o teu Deus?"

Lucas 1:50 (NIV) "Sua misericórdia se estende àqueles que o temem...". 

 

Número de visualizações 2239

arrow_upward
Pedido de Oração