Entendendo Os Sintomas

Quando uma pessoa começa a ter sintomas de dor, em alguma parte do corpo, e tem febre, logo procura um médico, que a consulta e medica. 

A pessoa tem uma melhora; acaba se tornando amiga do médico. Mas, de vez em quando, ela tem uma recaída. O médico a medica de novo, e assim, vai se levando... ...no convívio social.

A comunhão e a amizade fazem ela conviver com aquele médico, e pensa que ele ‘realmente tem conhecimento, e está cuidando dela’.

Acha que é apenas ‘uma pequena enfermidade’...

Mas, o problema não foi resolvido!

E quando essa pessoa “acorda e desperta para a verdade”, vê que aquele médico não tinha conhecimento para diagnosticar a enfermidade, e nunca lhe pediu para que se submetesse a exames mais profundos...  

PORQUE “SEMPRE” TRATOU A ENFERMIDADE SUPERFICIALMENTE...

 

2 Coríntios 11:13-15 nos diz que Satanás "se transfigura em anjo de luz” e seus ministros “se transfiguram em ministros da justiça". Essa transfiguração de Satanás e seus ministros em alguma coisa que eles não são, é pura hipocrisia. 

 

Quantas vezes passamos por médicos que não diagnosticam nossos problemas?!!...

Então, quando ela realmente encontra um Especialista, ele descobre que ela tem um câncer maligno.

Assim, também é na vida espiritual.

 

Temos pastores que se tornam amigos, pelo convívio social. 

Oram por nós, e ‘até profetizam bênçãos’, mas não acertam o diagnóstico espiritual.

Quantas vezes, passamos por pessoas que “se dizem ser cheias da palavra” e “de Deus, ” e sempre seus diagnósticos espirituais são “de benção”.

 

Mas Deus nos acorda, nos desperta para entender que, passamos por muitos lugares, que se dizem “espirituais“ (médicos) e não conseguem diagnosticar o nosso problema espiritual.

Por quê?

Porque lhes faltam conhecimento, comunhão de Deus e a ação do Espírito Santo!

 

Porque, se estamos em lugares onde se encontra a presença do Espírito Santo, o qual foi dado para edificação dos santos, Ele vai diagnosticar, dentro de nós, os males - tudo o que está nos fazendo mal.

Vai nos levar a fazer um profundo rastreamento dentro da nossa alma, para nos libertar do mal que está em nós, porque Ele nos convence do pecado.

Precisamos aprender uma coisa:  

Não podemos estar envolvidos emocionalmente, nem pela amizade (porque isto vai ser pedra de tropeço em nossa vida), nem podemos nos deixar levar pelo coração, porque este é enganoso (Jeremias 17:9); nem pela bajulação dos homens (lisonjas)  

 

Na bajulação não há verdade, seu objetivo é interesseiro, não é algo autêntico e propaga a falsidade. A bajulação ocorre em todos as áreas da nossa vida e até mesmo na igreja. Na sociedade, vemos muitos usando da bajulação para crescer profissionalmente. E na igreja para dar e receber a glória humana.

“Socorro, Senhor! Porque já não há homens piedosos, desaparecem os fiéis entre os filhos dos homens, falam com falsidade uns aos outros. Falam com lábios bajuladores (lisonjeiros) e coração fingido. Corte o Senhor todos os lábios bajuladores, a língua que fala soberbamente” (Salmo 12:1-3).

 

O ESPÍRITO SANTO NÃO TEM PARCIALIDADE COM NOSSA NATUREZA CARNAL, NEM PELOS SENTIMENTOS CAÍDOS DO HOMEM.

 

“O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. ” (Romanos 12:9,10).

"Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo" (Gálatas 1:10).

 

Mas, quando Deus coloca em nossa vida, pastores segundo o Seu coração,

Aí entendemos, que “aqueles pequenos sintomas”, que achamos que ‘não é nada’, na verdade descobrimos que são malignos.

 

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres. ” (João 8:36) 

 

HÁ DOIS TIPOS DE PASTORES:

 

- PASTORES SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS

“Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e inteligência”.

Jeremias 3:15

 

- E PASTORES SEGUNDO O CORAÇÃO DO HOMEM ...

“Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas”. (2 Timóteo 4:3,4).

 

Os pastores de Deus oram para que as vidas sejam edificadas Espiritualmente.

 

Mas, os pastores dos homens oram somente para que eles sejam abençoados, financeira e materialmente, para participar das suas bênçãos.

 

"Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue. Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão o rebanho; E que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si.(Atos 20:28-30)

“.... Tanto o profeta como o sacerdote usam de falsidade. Curam superficialmente a ferida de meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz. ” (Jeremias 6:13,14)

Uns buscam as coisas que são lá do alto, outro buscam as coisas que são terrenas.

 

Não adianta sermos edificados pela sabedoria humana, se não temos a edificação do Espírito Santo.

“Porque se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam. ” (Salmos 127:1a)


Que a benção do Soberano e Eterno Pai da Glória, e a Paz do Filho, nosso intercessor junto ao Pai, estejam derramadas sobre as nossas vidas pelo Espírito Santo, que nos consola em todo o tempo. Amém.

 

Pastor Carlos Alberto Daniluski

www.casadosenhor.com.br   Radio Web Nova Vida  24 h on-line

 

arrow_upward
Pedido de Oração