A Igreja é O Rebanho de Deus

 

A IGREJA É O REBANHO DE DEUS

 

Quando ensino sobre a importância de seguir a Jesus, sem defender nenhuma denominação ou placa humana, pessoas freqüentemente perguntam sobre o “NOME” da igreja.

Qual igreja ou qual ministério segue a Jesus sem tradições ou doutrinas humanas?

Se eu quiser ser discípulo de Jesus, devo fazer parte de qual igreja?

Muitas pessoas se surpreendem em aprender que a igreja do Senhor não tem nome exclusivo. Achamos nas Escrituras diversas descrições da igreja, mas nenhum nome próprio e exclusivo. Podemos usar quaisquer dessas descrições, mas não temos direito de promover ou defender nenhum nome como a maneira certa e única de identificar a igreja. Qualquer pessoa que faz isso estaria falando o que Jesus não falou, e assim acrescentando à palavra que Deus revelou.

O que aprendemos das Escrituras sobre maneiras de descrever a igreja?

Muitas passagens falam simplesmente da igreja (ekklesia, os chamados para fora, assembléia), às vezes identificando o local onde se reunia um grupo de cristãos. Então, podemos nos referir à igreja simplesmente assim, como “A igreja”.

"Naquele dia levantou-se grande PERSEGUIÇÃO CONTRA A IGREJA que estava em Jerusalém; e todos exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e da Samária." (Atos 8:1)

"Assim, pois, A IGREJA em toda a Judéia, Galiléia e Samária, tinha paz, sendo edificada, e andando no temor do Senhor; e, pelo auxílio do Espírito Santo, se multiplicava." (Atos 9:31)

"Recomendo-vos a nossa irmã Febe, que é SERVA DA IGREJA que está em Cencréia." (Romanos 16:1)

Freqüentemente, as descrições na Bíblia mostram o relacionamento que existe entre o Senhor e a sua igreja. Ela pertence a Deus; por isso, é a igreja de Deus:

"Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes A IGREJA DE DEUS, que ele adquiriu com seu próprio sangue." (Atos 20:28)

"À IGREJA DE DEUS que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para serem santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso." (1 Coríntios 1:2)

"Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem A IGREJA DE DEUS." (1 Coríntios 10:32)

"Pois já ouvistes qual foi outrora o meu procedimento no judaísmo, como sobremaneira perseguia A IGREJA DE DEUS e a assolava." (Gálatas 1:13)

"Pois, se alguém não sabe governar a sua própria , como cuidará da IGREJA DE DEUS?" (1 Timóteo 3:5)

"Para que, no caso de eu tardar, saibas como se deve proceder na casa de Deus, a qual é A IGREJA DO DEUS VIVO, coluna e esteio da verdade." (1 Timóteo 3:15)

Jesus derramou seu sangue para comprar a igreja; portanto, Paulo falou das igrejas de Cristo:

"Saudai-vos uns aos outros com ósculo santo. Todas AS IGREJAS DE CRISTO vos saúdam."(Romanos 16:16)

Jesus falou de sua própria igreja:

"Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei A MINHA IGREJA, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." (Mateus 16:18)

Os discípulos de Jesus são herdeiros abençoados; então, coletivamente são a igreja dos primogênitos:

"Mas tendes chegado ao Monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, a miríades de anjos; À UNIVERSAL ASSEMBLÉIA e IGREJA dos primogênitos inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados." (Hebreus 12:22-23)

O CORPO DE CRISTO

A igreja é descrita, também, como o corpo de Cristo:

"Agora me regozijo no meio dos meus sofrimentos por vós, e cumpro na minha carne o que resta das aflições de Cristo, POR AMOR DO SEU CORPO, QUE É A IGREJA." (Colossenses 1:24)

"E sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu À IGREJA, QUE É O SEU CORPO, o complemento daquele que cumpre tudo em todas as coisas." (Efésios 1:22-23)

"Tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do CORPO DE CRISTO." (Efésios 4:12)

Nesta figura, Jesus é a cabeça:

"Também ele é A CABEÇA DO CORPO, DA IGREJA; é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência." (Colossenses 1:18)

E os cristãos são os membros do corpo:

"Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, assim nós, embora muitos, SOMOS UM SÓ CORPO EM CRISTO, e individualmente uns dos outros." (Romanos 12:4-5)

"Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo, assim também é Cristo. Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos quer livres; e a todos nós foi dado beber de um só Espírito. Porque também o corpo não é um membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; nem por isso deixará de ser do corpo.

E se a orelha disser: Porque não sou olho, não sou do corpo; nem por isso deixará de ser do corpo. Se o corpo todo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? Agora, porém, há muitos membros, mas um só corpo. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.

 Antes, os membros do corpo que parecem ser mais fracos são necessários; e os membros do corpo que reputamos serem menos honrados, a esses revestimos com muito mais honra; e os que em nós não são decorosos têm muito mais decoro, ao passo que os decorosos não têm necessidade disso.

Mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela, para que não haja divisão no corpo, mas que os membros tenham igual cuidado uns dos outros. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. Ora, vós SOIS CORPO DE CRISTO, E INDIVIDUALMENTE SEUS MEMBROS." (1 Coríntios 12:12-27)

"A saber, que os gentios são co-herdeiros e membros do mesmo corpo e co-participantes da promessa em Cristo Jesus por meio do Evangelho." (Efésios 3:6)

"Do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor." (Efésios 4:16)

"Porque somos membros do seu corpo." (Efésios 5:30)

A imagem do corpo enfatiza os diversos papéis dos membros, e a dependência e submissão de todos a Jesus.

O REINO DE DEUS

O Novo Testamento fala repetidamente do reino de Deus ou do reino dos céus, que foi um dos temas principais da pregação:

  • De João Batista: "... Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus." (Mateus 3:2)
  • De Jesus Cristo: "Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei- vos, porque é chegado o reino dos céus." (Mateus 4:17)
  • Dos apóstolos e outros pregadores na igreja primitiva: "Mas, quando creram em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus, batizavam-se homens e mulheres." (Atos 8:12); - "Paulo, entrando na sinagoga, falou ousadamente por espaço de três meses, discutindo e persuadindo acerca do reino de Deus." (Atos 19:8); - "E eis agora, sei que nenhum de vós, por entre os quais passei pregando o reino de Deus, jamais tornará a ver o meu rosto." (Atos 20:25);

Enquanto a palavra “IGREJA” enfatiza o povo, o termo “REINO” destaca a autoridade do Rei:

"Porque o reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder." (1 Coríntios 4:20)

"Mas do Filho diz: O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos, e cetro de eqüidade é o cetro do teu reino." (Hebreus 1:8)

"Pelo que, recebendo nós um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e temor; pois o nosso Deus é um fogo consumidor." (Hebreus 12:28-29)

"E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos." (Mateus 28:18-20)

"Então, ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e o poder, e o reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo; porque já foi lançado fora o acusador de nossos irmãos, o qual diante do nosso Deus os acusava dia e noite." (Apocalipse 12:10)

O reino de Cristo não é deste mundo:

"Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; entretanto o meu reino não é daqui." (João 18:36)

É superior aos reinos humanos:

"Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu suscitará um reino que não será jamais destruído; nem passará a soberania deste reino a outro povo; mas esmiuçará e consumirá todos esses reinos, e subsistirá para sempre.

Porquanto viste que do monte foi cortada uma pedra, sem auxílio de mãos, e ela esmiuçou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro, o grande Deus faz saber ao rei o que há de suceder no futuro. Certo é o sonho, e fiel a sua interpretação." (Daniel 2:44-45)

"Acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do Senhor, será estabelecido como o mais alto dos montes e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações." (Isaías 2:2)

Pois Jesus é “o Senhor dos senhores e o Rei dos reis”:

"Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os que estão com ele, os chamados, e eleitos, e fiéis." (Apocalipse 17:14)

Ao invés de ser uma entidade política e mundana, é um reino espiritual fundado no santo caráter de Deus:

"Porque o reino de Deus não consiste no comer e no beber, mas na justiça, na paz, e na alegria no Espírito Santo. Pois quem nisso serve a Cristo agradável é a Deus e aceito aos homens." (Romanos 14:17-18)

O caráter do rei e do reino define, também, as qualidades dos súditos.

Entramos no reino por um processo de transformação:

"E que nos tirou do poder das trevas, e nos transportou para o reino do seu Filho amado." (Colossenses 1:13)

Como servos do rei espiritual, temos de desenvolver as características espirituais do nosso Senhor:

"Ouvi, meus amados irmãos. Não escolheu Deus os que são pobres quanto ao mundo para fazê-los ricos na fé e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?" (Tiago 2:5)

Neste reino, são valorizadas QUALIDADES COMO HUMILDADE, INOCÊNCIA e SANTIDADE:

"Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele." (Marcos 10:14-15)

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus." (1 Coríntios 6:9-10)

"Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus." (Gálatas 5:19-21)

"Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor" (Hebreus 12:14)

A CASA DE DEUS

A igreja (não um prédio!) é a casa de Deus:

"Para que, no caso de eu tardar, saibas como se deve proceder na casa de Deus, a qual é a igreja do Deus vivo, coluna e esteio da verdade." (1 Timóteo 3:15)

Ela é o santuário e habitação do Senhor:

"No qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito." (Efésios 2:21-22)

É uma casa espiritual:

"Vós também, quais pedras vivas, sois edificados como casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo." (1 Pedro 2:5)

Deus habita e mantém comunhão com aqueles que fazem a vontade dele:

"Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada." (João 14:23)

"Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo." (Apocalipse 3:20)

O REBANHO DE DEUS

A igreja é o rebanho de Deus:

"Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue." (Atos 20:28)

Jesus é o bom pastor que deu a vida pelas ovelhas:

"Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas." (João 10:11)

Elas ouvem a voz de Jesus e o seguem para receber a vida eterna:

"As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem; eu lhes dou a vida eterna, e jamais perecerão; e ninguém as arrebatará da minha mão." (João 10:27-28)

Os bispos ou presbíteros têm a responsabilidade de pastorear o rebanho local segundo as ordens do Supremo Pastor:

"De Mileto mandou a Éfeso chamar os anciãos da igreja." (Atos 20:17)

"Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue." (Atos 20:28)

"Aos anciãos, pois, que há entre vós, rogo eu, que sou ancião com eles e testemunha dos sofrimentos de Cristo, e participante da glória que se há de revelar: Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, não por força, mas espontaneamente segundo a vontade de Deus; nem por torpe ganância, mas de boa vontade; nem como dominadores sobre os que vos foram confiados, mas servindo de exemplo ao rebanho. E, quando se manifestar o sumo Pastor, recebereis a imarcescível coroa da glória." (1 Pedro 5:1-4)

Como a Bíblia Descreve os Indivíduos que Seguem a Cristo?

As descrições acima são termos coletivos – identificam um conjunto.

A igreja é composta de pessoas que saíram do pecado para servir a Jesus. Agora, consideremos alguns termos usados nas Escrituras para descrever os seguidores de Cristo individualmente:
 

  • Discípulos: significa aprendiz ou aluno. O discípulo ouve os ensinamentos e segue o exemplo do seu mestre. “O discípulo não está acima do seu mestre; todo aquele, porém, que for bem instruído será como o seu mestre.” (Lucas 6:40)
     
  • Irmãos: descreve a relação familiar dos filhos do mesmo Pai. “Seja constante o amor fraternal.” (Hebreus 13:1)
     
  • Santos: identifica o caráter de pessoas santificadas pelo sangue de Jesus. Na Bíblia, este termo não é limitado aos mortos. Deve ser uma descrição verdadeira dos cristãos vivos. “Segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento.” (1 Pedro 1:15)
  • Cristãos: é uma descrição que aparece apenas três vezes no Novo Testamento, mas descreve bem a relação especial dos discípulos com seu Senhor e Salvador. “Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” (Atos 11:26)
  • Fiéis: "... Aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus." (Efésios 1:1); - "Proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade." (1 Timóteo 4:3); - "Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza." (1 Timóteo 4:12)
  • Crentes: vêm da mesma raiz grega, e significam pessoas que acreditam e confiam (em Deus) e que são verdadeiras. “E crescia mais e mais a multidão de crentes, tanto homens como mulheres, agregados ao Senhor.” (Atos 5:14)
  • Pedras que vivem:  é uma frase que destaca a nossa posição na casa de Deus, construída sobre Jesus Cristo, a pedra de esquina. “Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo.” (1 Pedro 2:5)
     
  • Concidadãos dos santos: enfatiza a inclusão de pessoas, anteriormente afastadas de Deus, na família do Senhor. “Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus.” (Efésios 2:19)
     
  • Membros do corpo de Cristo e da família de Deus: é uma expressão que mostra a interdependência dos fiéis, e a dependência de todos em Cristo, a cabeça do corpo. “Assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros.” (Romanos 12:5)

NOMES HUMANOS CAUSAM DIVISÕES

Sabemos que Jesus Cristo, vivendo como judeu na Palestina 2.000 anos atrás, teve oportunidade de participar de qualquer das várias seitas que existiam na época. Mas não há nenhum registro de ele ter se ingressado em qualquer uma delas.

Ele simplesmente fazia a vontade do Pai, sem seguir as tradições e doutrinas humanas.

Procurava e andava com pessoas que compartilhavam o seu desejo de honrar a Deus. Todos que observaram e ouviram Jesus ficaram admirados com a postura “radical” dele.

Durante sua vida aqui na Terra, Jesus prometeu edificar a sua igreja:

"Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela." (Mateus 16:18)

E ensinou os seus discípulos a seguirem o ensinamento e o exemplo dele.

NÓS, HOJE, DEVEMOS FAZER COMO ELE FAZIA E ENSINAVA

Devemos buscar o conhecimento da vontade de Deus e obedecê-lo para honrar o nosso Criador e Redentor.

Apesar da influência forte das muitas denominações, com suas próprias tradições e doutrinas, devemos ser simplesmente cristãos, seguidores do nosso Salvador.

Pelo nosso desejo de servir a Deus, rejeitaremos as tendências de criar e manter igrejas humanas

Grupos que honram homens e defendem doutrinas humanas. Certamente as diversas igrejas hoje com suas placas destacando fundadores, tradições doutrinárias e ministérios criados por homens não dão a devida honra ao verdadeiro Senhor e Salvador.

Como podemos servir ao Senhor sem participar da confusão das denominações?

Como podemos evitar as divisões que acontecem quando os homens são elevados a posições de honra? Paulo falou do mesmo problema quando escreveu aos coríntios:

“Refiro-me ao fato de cada um de vós dizer: Eu sou de Paulo, e eu, de Apolo, e eu, de Cefas, e eu, de Cristo. Acaso, Cristo está dividido? Foi Paulo crucificado em favor de vós ou fostes, porventura, batizados em nome de Paulo?” (1 Coríntios 1:12-13).

Nomes humanos e destaque impróprio dado aos homens criam divisões.

Para evitar tais divisões, devemos seguir o único Salvador (Atos 4:12) e Mediador (1 Timóteo 2:5). Devemos estudar a mesma palavra de Deus para que possamos falar e pensar a mesma coisa (1 Coríntios 1:10).

Seguir a Jesus exige esforço, mas certamente vale a pena:

"Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam." (Hebreus 11:6)

"Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram." (Mateus 7:13-14)

Tenhamos coragem para rejeitar tradições, doutrinas, práticas e nomes humanos para honrar o nosso Criador e Salvador.

 

Número de visualizações 522

arrow_upward
Pedido de Oração